FANDOM


A Alara Kitan é uma personagem do universo expandido de Planetes. Aparece só no filme “Planetes IX: Quero esquecer-te mas não posso”. É uma xelayana que nasceu no ano 2396 em Xelaya e tinha a categoria de tenente na Frota Estelar da União Planetária.

História

A jovem tenente Alara Kitan conseguiu o posto de Chefe de Segurança na nave estelar USS Orville graças à sua tenacidade e o seu esforço durante a sua breve mas intensa carreira na frota bem como, sem dúvida, graças às suas impressionantes capacidades físicas. Como xelayana, membro da espécie alienígena do planeta Xelaya, possui uma incrível capacidade física que lhe permite proezas físicas inesperadas numa miúda. A sua estadia no planeta nativo do seu povo desde que nasceu, sob uma gravidade muito superior à habitual nos mundos habitados, permite-lhe derrubar portas couraçadas, dar saltos de dezenas de metros de distância ou rebentar o mobiliário da nave com facilidade. A sua falta de experiência da vida e as suas inseguranças juvenis são o seu maior obstáculo, mas as suas novas amizades na nave permitir-lhe-ão conseguir o seu máximo potencial.

Ela recebe a Estrela Safira pelo seu papel como capitã em funções após os Calivonianos terem sequestrado o Ed Mercer e a Kelly Grayson durante a incubação do Bortus do seu ovo. A Alara renunciou ao seu cargo no ano 2420 para estar com a sua família no seu planeta natal, Xelaya, depois de descobrir que estava a perder a força devido ao seu longo período afastado da gravidade do seu planeta natal, utilizando a oportunidade de voltar a conectar com os seus pais.

Depois de ficar em Xelaya, a Alara é visitada pelo Panda quem lhe propõe para vir com ele na sua TARDIS e viajar a través do tempo e do espaço. Alara concorda. Entre outras coisas, o Panda revelou-lhe que ele é um Senhor do Tempo e que tem 90 anos apesar da sua aparência de média idade, porque pode regenerar o seu corpo provocando uma mudança física completa e com frequência psicológica, e fá-lo duas vezes. Depois de viajarem quatro anos juntos, a Alara e o Panda viajam à Terra do ano 2022, onde a Alara conhece o Josep Maria, a versão nova do Panda duma linha do tempo alternativa onde não se tornou num Senhor do Tempo. No dia 0 de agosto, o Panda convida o Josep Maria 27 a unir-se a eles e viajar a Xelaya do século 21, o planeta natal da Alara. O 27 utiliza a virtualização para mover-se pelo planeta, enquanto o Panda utiliza um fato especial para não ser esmagado pela gravidade, mas tem tempo e movimentos limitados com este fato. Portanto, têm de separar-se. Ele ficará na TARDIS enquanto o 27 e a Alara explorarão o planeta e a sua sociedade no século 21. Mas, de repente, são detidos por polícias locais, que vêem que ele não é xelayano. O 27 utiliza os seus poderes virtuais para escapar com a Alara, e voltam para a TARDIS. No interior da TARDIS, o Panda propõe à Alara fazer uma nassada forte com o 27, já que existe um mito: uma nassada muito forte pode desprender uma energia espectacular. O 27 e a Alara decidem nassar-se e, enquanto partilham uma experiência única, sai deles uma energia semelhante à duma regeneração. Enquanto estão a voltar para a Terra, o Panda explica que antes de viajar com a Alara, tinha viajado durante cinco meses com uma versão do ano 2032 da Marta, a filha dum primo do 27. Quando voltou para casa, para ela só tinham passado uns minutos, e a sua família não se apercebeu. Mas isto acontecerá no futuro quando terá 19 anos, agora ela tem 9. A TARDIS chega à Terra, e o 27 despede-se do Panda e da Alara, e volta para casa. Para que os seus pais não reparem que ele não estava em casa, entra na estação dos comboios teremedosianos STK e utiliza um teletransportador desta estação que o leva até à cama de casa sua. Os seus pais não notaram nada. No dia seguinte, em casa sua, o 27 lembra a nassada forte, enquanto na TARDIS, a Alara diz ao Panda que quer voltar para casa, gostaria de voltar para o seu tempo e estar com os seus amigos e a sua família de novo. O Panda aceita e leva a TARDIS para Xelaya do século 25, e no quarto da Alara, ela começa a lembrar a nassada forte com o 27 e diz: “Acho que me apaixonei, mas como sempre, nunca tenho sorte com o amor, já que este é um amor impossível…”.

No final do ano de 2022, a nave espacial FEF 07 é absorvida por um vórtice que leva para o limbo e os oficiais das instalações “Pulá” não sabem se o 0 e o Franny estão vivos ou mortos. Em fevereiro do 2023, um alienígena em forma de pássaro num fato especial aparece no céu e começa a atacar, mas conseguem matá-lo, já que “nunca encontrou os teremedosianos”. Em abril do 2023, os oficiais de Pulá pedem ao 27 para vir para Bàrcinon porque analisaram o fato do alienígena e acham que este alienígena vinha do futuro ou doutro universo, já que parece que o fato é capaz de viajar nas cinco dimensões: além das três conhecidas, este fato permite viajar no tempo e no multiverso. Separaram o componente que permite as viagens interdimensionais e criaram outro fato com forma humana, e agora têm um fato com que o 27 poderia ir ao sítio em que se encontram o seu irmão e o seu sobrinho. O 27 põe-se muito contente, mas diz que antes de utilizar o fato, tem de preparar-se. No entanto, o 27 rejeita a oportunidade de ir ao limbo e salvá-los, porque diz que eles fazem parte do seu passado e prefere ir procurar a Alara no século 25, portanto não voltará a ver nem o seu irmão nem o seu sobrinho nunca mais. Também diz que está ciente de que, se não fizer isso, o seu futuro e o futuro de toda a Terra se irão à merda. Isto é, o 27 tentará esquecê-los e pensar só na Alara.

Após vários preparativos, o 27 viaja para o futuro até ao ano 2422, na mesma linha do tempo. O 27 aparece numa Barcelona futurista e tenta encontrar uma maneira de viajar para Xelaya e encontrar novamente a sua amada, mas acaba preso porque a polícia da União Planetária detecta que ele não pertence a este sítio. Após tentar convencer a todos de que ele é uma peça crucial na história da Terra, é levado perante o Conselho da União Planetária para que exponha o assunto. Então, descobre-se que existe um paradoxo temporal em que todos estão envolvidos, porque, de acordo com a história, em 2068, uma híbrida meio humana e meio xelayana chamada Solana Roca López conseguirá entrar em contacto com o planeta natal da sua mãe chamando uma nave deste planeta para vir à Terra estabelecer o primeiro contacto oficial da humanidade com uma raça alienígena. No entanto, afirma-se que esta híbrida estava na Terra devido ao facto de que, no início do século 21, uma nave xelayana naufragou na Catalunha, a sua tripulação alienígena misturou-se com os humanos sem quase ninguém saber de nada, alguns xelayanos acasalaram-se com humanos e tiveram filhos, e finalmente a Solana queria que as duas espécies se conhecessem oficialmente, por isso trabalhou durante anos na criação dum transmissor para enviar uma mensagem ao planeta natal da sua mãe, já que sabia a localização exacta de Xelaya. Mas o 27 sabe que isto não é verdade porque ele é catalão, vem do 2023 e nenhuma nave alienígena chegou à sua cidade, mas diz a todos no Conselho da União Planetária que ele sabe o que realmente aconteceu: apaixonou-se pela Alara após o viajante do tempo Panda apresentar-lha numa viagem com a sua máquina do tempo chamada TARDIS, ela também se apaixonou por ele, mas, já que estavam a quase quatro séculos de distância, não se podiam ver de novo. No entanto, ele está aqui pronto para vê-la e pedir-lhe para vir com ele para o passado e viver uma vida de casal com ele no seu tempo. Se o fizerem, a Elisenda e a Solana nascerão, e a Solana levará a humanidade ao primeiro contacto com o povo xelayano, graças ao seu conhecimento sobre a localização dum planeta habitado com vida inteligente. Mas se nem ele nem a Alara não voltarem para o século 21, a história mudará e a União desaparecerá. Confirmam-no quando o 27 diz que se chama Josep Maria Roca, com o mesmo apelido e também, quando examinam os registos, vêem que a mãe da Solana é exactamente como a Alara mas mais velha. Portanto, uma nave estelar da União leva o 27 para Xelaya e dão-lhe um fato especial que o impede de ser esmagado pela gravidade elevada de Xelaya. Quando o 27 chega a casa dela, a Alara fica muito feliz por vê-lo de novo. Diz aos pais que ele é o rapaz de quem ela lhes falou tanto, deixando claro que ela também se apaixonou por ele. Vão para a lançadeira da União que aterrou no planeta para falarem livremente, porque dentro desta lançadeira estão em gravidade terrestre e o 27 pode-se tirar o fato especial. Assim que o 27 se tirou o fato, a Alara beija-o. Após o seu primeiro beijo, confessam-se os seus sentimentos crescentes um ao outro, e o 27 explica à Alara tudo sobre o paradoxo temporal a respeito deles, mas a Alara diz que concorda em desistir de tudo o que tem no seu século e viver uma vida totalmente nova num mundo desconhecido, porque estará com o rapaz por quem está apaixonada. Também diz que, até agora, nunca tinha tido sorte no amor, mas agora tem a certeza de que encontrou a sua cara-metade. A Alara quer passar o resto da sua vida com ele, embora mal se conheçam, mas ela sabe quase tudo sobre ele após terem-se nassado e é por isso que está disposta a tomar essa enorme decisão, levando em conta também que a história da União Planetária estará em perigo se não o fizer. A irmã da Alara, também chamada Solana, não está em casa, então não se pode despedir dela. Mas despede-se dos seus pais e deixa Xelaya com o seu novo namorado. No espaço, quando aparece o problema de como viajarem para o passado, o 27 diz que conhece um planeta chamado “Portal” com um ser que facilita as viagens no tempo. Mas quando o 27 dá as coordenadas do planeta, o capitão da nave diz que este planeta está numa área aonde não se pode ir, porque está no território calivoniano que é considerado pela União como espaço proibido e todos na nave poderiam morrer. Mas o 27 diz que se não voltarem para o passado, todos no universo poderão mudar ou até deixar de existir, então se calhar toda a humanidade poderá desaparecer. A Alara propõe que podem apanhar uma lançadeira espacial com ele e arriscar entrar no espaço calivoniano até ao planeta Portal utilizando o dispositivo de camuflagem, e fazê-lo depressa antes que qualquer nave calivoniana os veja. Fazem-no, embora estejam totalmente sozinhos dentro do espaço calivoniano. Durante a viagem de caminho à fronteira com Calivon, o 27 e a Alara fodem pela primeira vez. Saem da nave estelar da União numa lançadeira espacial e dirigem-se para o planeta Portal, mas quando chegam, uma nave calivoniana vê-os. O 27 entra em contacto rapidamente com o Guardião da Eternidade, a nave calivoniana atira neles, mas o 27 faz com que a lançadeira espacial atravesse o Guardião da Eternidade e os Calivonianos acreditam que a lançadeira se despenhou. A lançadeira espacial aparece no ano 2023, mas num mês após o dia em que o 27 se foi embora. Levam a lançadeira até à Terra, vão para casa dele em Barcelona e o 27 surpreende os seus pais acenando desde a lançadeira invisível que está a flutuar na altura da sua varanda, mas o 27 diz-lhes para esperarem. Aterram a sua lançadeira numa quinta da família em Ayllón, a aldeia da sua mãe, e o 27 e a Alara apanham os comboios STK para irem para Barcelona. Quando chegam a Barcelona, os pais dele ficam surpresos ao ver a Alara, mas o 27 decide contar-lhes toda a verdade sobre as coisas que até agora toda a gente consideraria paranormais. Deixam a Alara ficar e morar na casa do 27 com ele e os seus pais, e ela está muito feliz porque no final a sua má sorte no amor desapareceu. O 27 pirateia o registo civil e cria uma identidade falsa para a Alara sob o nome de “Alara López”, para impedir a maldição do Alxy Frankz sobre o Josep Maria de ser-lhe aplicada também a ela. E utilizarão a tecnologia do século 25 da lançadeira da União Planetária a favor deles, porque a Alara não percebe o dinheiro e as regras da Terra do século 21. Mas a Alara tem de esconder-se o máximo de tempo possível, porque a sua aparência física é um pouco diferente da dos humanos e alguém pode reparar que não é da Terra. Isto é, a partir de agora, o 27 também morará com a Alara.

Outros dados e ligações externas

Personagens de Planetes
Serie Personagens principais das séries
Planetes (anime) Hachirota "Hachimaki" HoshinoAi TanabeFee CarmichaelYuri Mihairokoh
Planetes (série 1) Josep Maria 4RaljaLaiaDiegoOutras criançasBursianos
Planetes Mata 2 Josep Maria #RaljaManuelLaiaDiegoOutras criançasBursianos
Planetes 3 Josep Maria #LinaManuelLaiaLiaPadokOutras criançasBursianosİhi Kadse0PumikyCarlaAnnRutittoMartaKimberly
SérieStar4 GrokaPadokOutros tripulantesJosep Maria #İhi Kadse0PumikyCarlaAnnLaiaKimberly (Mimi)Dany
Mais… MeŀlinaÉrikaCriação ÁureaLorenaLaurynAlexandraSelena GomezAndreaSandraAlxy Frankz

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.